De uma beleza intocada, Galinhos é uma península do Rio Grande do Norte rodeada por dunas e um braço de mar de águas calmas. Com rios, manguezais, salinas naturais e belas praias, Galinhos é lugar de gente simples e natureza exuberante.

Galinhos Rio Grande do Norte
Galinhos Rio Grande do Norte

A península estreita, com aprox 500 metros de largura, vira ilha quando a maré enche. É possível ir do rio ao mar com apenas uma caminhada curta. Seus manguezais são berçários de várias espécies nativas de pássaros, incluindo a rara garça-azul, pequenos crustáceos como o aratu e até várias espécies de cavalos marinhos.

Galinhos Rio Grande do Norte

Por conta do acesso que não é tão fácil, esse paraíso se perdeu no tempo. E para o nosso bem, continua preservado e com o turismo de massa longe de lá. A estrutura turística ainda é bem pequena e rústica, com algumas pousadas charmosas começando a surgir. Se você está planejando uma viagem para esse paraíso, desfrute de acordo com o seu lema: “Desacelere a vida e seja feliz!”.

Galinhos Rio Grande do Norte

Galos e Galinhos

O município que ocupa uma área de 342 km² no litoral norte do Rio Grande do Norte tem apenas dois pequenos povoados: a sede Galinhos, com pouco mais de 1.500 moradores, e o vizinho distrito chamado Galos onde vivem aprox 500 pessoas.

Embora Galinhos seja um município, ainda é essencialmente uma vila de pescadores. Além da pesca, os nativos vivem da produção de sal, algodão, sisal e do turismo. Um lugar tranquilo, com muitas ruas de areia e outras poucas já de paralelepípedo. Alguns restaurantes e pousadas, pequenos comércios, uma farmácia, igrejas, duas escolas, praça, delegacia e prefeitura. Não há agências bancárias. A vila é bem pequena mesmo, você vai levar menos de uma hora para conhecer tudo.

Galinhos Rio Grande do Norte

Na península não entra carro comum, apenas os 4×4 e os buggys conseguem circular. Por ali também correm charretes como meio de transporte, também conhecidas como “Uber-Jegue”.

À noite na praça de Galos é colocada uma televisão comunitária para que todos possam se entreter juntos. Lá também tem bons restaurantes, como o da Irene, onde é possível comer e beber bem com preços justos. Dá pra conhecer Galos em passeios de buggy, barco ou charrete.

Curioso saber que o povoado surgiu quando pescadores se mudaram para a região por conta da facilidade de pescar os peixes-galos. O nome vem daí. Onde está Galos hoje eram encontrados os maiores peixes, e os de menor tamanho eram encontrados na ponta da península, onde hoje está a aldeia de Galinhos.

Quando ir e quanto tempo ficar

Embora o sol brilhe o ano inteiro em Galinhos – são mais de 300 dias de sol – as chuvas costumam cair de março a julho, mas, mesmo assim, não chegam a 150 mm.

Galinhos Rio Grande do Norte

As temperaturas são elevadas o ano inteiro, com termômetros variando entre 25ºC e 30ºC. A melhor época para se visitar é entre agosto e janeiro, com muitos dias de muito sol e calor.

Galinhos Rio Grande do Norte

Passei 4 dias por lá, de sexta à segunda-feira. Achei o tempo ideal para curtir com calma e deu pra conhecer praticamente tudo. Minha dica é ficar ao menos dois dias inteiros para aproveitar esse paraíso. Amei especialmente a segunda-feira quando a praia estava deserta, inteiramente para mim… Um sossego sem igual.

+ Clique aqui para saber tudo sobre os passeios de Galinhos

Como chegar em Galinhos

Cheguei à Galinhos vindo de Fortim no Ceará com o Gercílio que fez meu transfer até esse paraíso em sua hilux 4×4 pelas Dunas do Capim. Parti com ele também para o aeroporto de Natal que fica a 160km de distância. Super recomendo o seu serviço – anote o contato do Gercílio aqui: WhatsApp/ tel.: (84) 99177-9310 ou Instagram @buggyrosagalinhos.

É possível chegar em Galinhos de duas formas: de carro pelas dunas ou de barco. Se for de carro precisará de um motorista experiente pois dirigir pelas dunas requer habilidade especial, além de um bom 4×4. Da estrada asfaltada, passamos um trecho de terra batida, entramos na área da Salina Diamante Branco e seguimos pela praia na maré baixa até o vilarejo de Galinhos.

A outra forma, que é de barco, tem acesso pelo píer de Pratagil, onde tem estacionamento gratuito e vigilância 24 horas. A travessia de barco pelo rio leva em torno de 10 minutos.

O barco custa R$ 5,00 por pessoa e circula de meia em meia hora, das 06h às 18h. Preferindo, pode contratar um barco privado por R$ 30,00 que leva até 6 pessoas e sai sempre que tiver passageiros. Após desembarcar no píer de Galinhos, você terá a opção de ir andando até a sua pousada ou pegar uma charrete que funciona como táxi local por R$ 10,00 para 2 pessoas.

O que fazer em Galinhos

Há muito o que fazer em Galinhos. Amei o passeio de barco e o passeio de buggy. Além disso o pôr do sol é imperdível, um dos mais lindo do Rio Grande do Norte.

Galinhos Rio Grande do Norte

+ Escrevi esse artigo aqui contando tudo o que fazer em Galinhos. Clique aqui.

Onde se hospedar

Me hospedei na pousada Amagali, que tem seu nome inspirado nos recortes da frase “Amor à Galinhos”. Lindo né?!

Galinhos Rio Grande do Norte

A pousada fica de frente para o braço de mar que os locais chamam de “rio”, com vista privilegiada para o por do sol. Com piscina ao ar livre e restaurante próprio, serve café da manhã, almoço e jantar.

A pousada oferece dois tipos de acomodação: apartamentos com varanda, onde fiquei e chalés que podem acomodar uma família completa. O meu quarto era bem espaçoso e com vista para o por do sol. A varanda tinha uma mesinha com cadeiras, rede e vista panorâmica do braço de mar. Cama queen size, ar condicionado split silencioso, frigobar e uma TV LCD 32.

A decoração da charmosa pousada privilegia materiais naturais como madeira e palha, bem no estilo pé na areia.

Não esqueça de fazer a reserva da sua hospedagem usando esse link do blog.

Onde comer bem

Amei o Nativus Bar onde tomei uma super capiCaju e comi um escondidinho de camarão de dar agua na boca só de pensar. Bem avaliado nas mídias sociais, tem preço justo e um atendimento de qualidade. Fica de frente para a praia.

Galinhos Rio Grande do Norte

Se quiser experimentar frutos do mar fresquinhos, vá no Restaurante da Irene em Galos que tem uma deliciosa moqueca de peixe como especialidade.

Galinhos não tem vida noturna. A ideia ali é jantar em um dos restaurantes do vilarejo e tomar um último drink antes de dormir cedo para aproveitar o dia seguinte.

Galinhos Rio Grande do Norte

À noite experimentei e gostei do bar da Pousada Brésil Aventure, de propriedade um francês. Comida boa, bons drinks e redes de frente pro mar super convidativas. As melhores pizzas estão no restaurante à beira do rio da Pousada Oasis. Massa fininha, como eu gosto!

Últimas dicas de Galinhos

  • Não há água encanada em Galinhos. A água vem de poços artesianos de água salobra. Portanto para escovar os dentes não use a água da torneira, use água mineral.
  • O sinal de telefone celular é um pouco precário na região. As melhores operadoras são a Vivo e Claro.
  • Galinhos não tem bancos e nem caixas 24 horas. Só uma lotérica onde se podem fazer pagamentos e saques para clientes da Caixa Econômica. Boa parte dos estabelecimentos aceitam cartão de crédito, mas é bom levar dinheiro em espécie. Muitos já aceitam PIX também.
  • A eletricidade é 220v, leve carregadores bivolt.

Espero que tenham curtido muito minhas dicas de Galinhos, eu ameiii muito conhecer esse vilarejo. Saí com o coração apertado e prometendo voltar!

Obrigada pela visita e volte sempre!

Escrito por
Publicado em

Deixe aqui seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *